» » » » PRESIDENTE E VICE DA FPF ENTRAM EM ROTA DE COLISÃO E BRIGA VAI PARAR NA JUSTIÇA

Depois de tempos de aparente tranquilidade, os ânimos voltaram a ficar exaltados na Federação Paraibana de Futebol. De um lado, o presidente da entidade, Amadeu Rodrigues. Do outro, o vice-presidente, Nosman Barreto. O segundo acusa o primeiro de não prestar contas e junto com 49 clubes, entrou com uma ação contra o atual mandatário do órgão. Amadeu se defende.

Segundo Nosman, mesmo com a ação, os clubes ainda não receberam resposta alguma. Ele acusou Amadeu ainda de não conhecer a legislação desportiva.

“Os clubes ingressaram com esta ação e através desta ação não teve nenhuma resposta. Nenhum respeito aos clubes, que são associados, que é quem tem direito de dar o voto e as decisões. Os 49 clubes ingressaram com uma ação criminal, administrativa e cível. Pedindo a exibição de documentos e mais outras solicitações. Ele não conhece o mínimo da legislação desportiva, não sabe fazer política e principalmente da política do futebol”, disparou Nosman.

Por outro lado, Amadeu se defendeu das acusações e afirmou que as motivações de Nosman seriam políticas, já que no ano que vem começa a campanha eleitoral para a escolha do novo presidente da entidade.

“Primeiro, ele está instigando a campanha política. Para o ano começa e o Nosman sempre vem sido oposição à gente, porque ele se elegeu para ser vice e não presidente, então veio com um bocado de denúncias infundadas. Tudo já está com o nosso advogado e vamos provar que tudo que ele esta dizendo é mentira. Ele esta fazendo política irresponsavelmente e naquele documento que foi feito e produzido por ele tem várias assinaturas de presidentes falsificadas. Eu vou provar isto, já conversei com alguns presidentes de clubes e eles disseram que não assinaram nada e ele vai ter que provar”, retrucou.

Amadeu garantiu que no seu da França, onde estará nos próximos dias como chefe de delegação da Seleção Brasileira no Torneio de Toulon, fará uma coletiva de imprensa para mostrar todos os documentos financeiros da FPF, desde o início do seu mandato.

Assim como em anos passados, o futebol deve ficar de lado na FPF e a política deve voltar a ser o assunto mais comentado na entidade.

Entenda o caso

O Cruzeiro de Itaporanga e a Liga Desportiva de Santa Rita entraram com um pedido na 13ª Vara Cível de João Pessoa, contra o presidente da FPF, Amadeu Rodrigues. Segundo o documento, assinado pela advogada Flávia Raquel Oliveira de Arroxelas Macedo, os dois filiados à FPF querem ter “acesso a diversas informações contábeis para fins de acompanhamento e controle financeiro da gestão da Federação”, porém, acusam o mandatário da entidade de omissão em disponibilizar tais documentos.

A advogada alega que o Cruzeiro e a Liga querem ter acesso aos “livros, documentos fiscais e contábeis da Federação, a exemplo de balancetes com informações detalhadas de remunerações e extratos bancários”, desde quando Amadeu assumiu como presidente, no início de 2015.

Os acusadores se apegam ao artigo 46-A, parágrafo 2º, da Lei 9.615/98, conhecida como ‘Lei Pelé’, para afirmar que pela a ausência de prestação de contas, Amadeu pode ser afastado da presidência da entidade.

Um dos autores do processo, o Cruzeiro de Itaporanga, é comandado pela família do vice-presidente da FPF, Nosman Barreiro.

Edson Pereira

O Portal Fala Prefeito é um projeto de caráter informativo e dedicado a trazer a nossos leitores de forma universal e multilíngue, estabelecido na internet sob o princípio da responsabilidade, a informação.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário :