ACESSE O PORTAL WWW.PAGINA1PB.COM.BR

» » » » Dólar dispara e chega a R$ 3,43, após denúncias envolvendo Temer

O dólar disparou nesta quinta-feira (18) depois de denúncias envolvendo o presidente Michel Temer que alimentaram percepções de que as reformas serão afetadas, destaca a Reuters.
Às 10h48, a moeda norte-americana subia 9,45%, cotada a R$ 3,4300 na venda. Veja a cotação.
O dólar futuro atingiu o limite máximo permitido de R$ 3,3235 para este pregão. Os temores eram tão grandes que as negociações do dólar à vista demoraram para acontecer, com os investidores optando por não tomar posições no início do dia.
O dólar futuro é um produto negociado em bolsa (um derivativo) que representa o quanto as instituições financeiras acreditam que a moeda norte-americana estaria valendo no futuro. O que está sendo negociado nesta quinta-feira tem vencimento para 1º de junho.
Esses contratos têm um alto volume de negociação e, por isso, acabam sendo referência para definir quanto o dólar está valendo hoje. Porém, para evitar oscilações excessivas, a bolsa estipula um limite diário para variação do dólar futuro. Para hoje, esse limite está em 5,63%, (R$ 3,32), segundo a B3.
“As negociações feitas hoje atingiram esse limite máximo, mas o mercado acredita que a oscilação deveria ter sido maior e os bancos não sabem precificar quanto. Como os bancos perderam a referência de quanto deve estar valendo esse dólar para 1º de junho, também acabaram perdendo a referência de quanto vale o dólar hoje, então ninguém vende”, explicou ao G1 o economista Alexandre Cabral.
“Quem é que vai vender dólar a R$ 3,20 se amanhã ele pode estar a R$ 3,90?”, afirmou à Reuters o superindente de câmbio do Banco Ourinvest, Ralph Bigio.
Na véspera, o dólar avançou 1,23%, a R$ 3,1337 na venda, depois de ceder 3,14% em 6 pregões. Na máxima da sessão, a moeda norte-americana atingiu R$ 3,1357.
G1

Edson Pereira

O Portal Fala Prefeito é um projeto de caráter informativo e dedicado a trazer a nossos leitores de forma universal e multilíngue, estabelecido na internet sob o princípio da responsabilidade, a informação.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário :