» » » Treze e Botafogo-PB iniciam disputa pelo título do Paraibano 2017


foto: Divulgação/Treze
Depois de quatro anos, Treze e Botafogo-PB voltam a se enfrentar em uma final de Campeonato Paraibano. A bola vai rolar nos primeiros 90 minutos da edição de 2017, deste domingo, às 18h30, no estádio Amigão, em Campina Grande. A vantagem está do lado do alvinegro da estrela vermelha, que se empatar no placar na soma dos dois jogos leva a taça para casa.
O Galo da Borborema não decidia uma final de campeonato desde 2013, quando perdeu o título justamente para o Belo. E volta a disputar um título com um grande reforço: a sua torcida.
A vitória no Clássico Tradição na última rodada da primeira fase somada a classificação para a decisão, eliminando o arquirrival Campinense, ainda quebrando um tabu de quatro anos sem vencer o rubro negro, trouxeram seu torcedor para mais perto do time.
Dentro das quatro linhas, o comandante trezeano, Celso Teixeira, tem todo o seu elenco à disposição para o primeiro duelo decisivo. Um dos destaques da equipe, o volante Robson, volta a atuar após cumprir suspensão automática depois de ser expulso no primeiro jogo das semifinais.
Com a vantagem do lado adversário, o status de melhor defesa, com apenas nove gols sofridos, não vai bastar. Se quiser a taça, o Galo vai precisar aproveitar melhor as oportunidades criadas para balançar as redes, ponto fraco do time.  Foram apenas 18 gols marcados, em 20 jogos disputados no certame.
Dono da melhor campanha do Paraibano, o Botafogo-PB tem o fardo menos pesado antes da bola rolar. Depois de atropelar o Atlético de Cajazeiras nas partidas das semifinais, o Itamar Schulle não tem de cabeça por desfalques para preparar o time durante a semana.
Rafael Oliveira, artilheiro do campeonato 16 gols marcados, está confirmado para atuar em seu primeiro Clássico Tradição, na temporada. Sem ter tomado gols no mata mata, se Michel Alves não sofrer gol nos próximos 180 minutos o Belo leva a taça depois de perder para o Campinense nos últimos dois anos. Esta será a quinta vez consecutiva em que o time da Maravilha do Contorno ficará entre os dois primeiros colocados do torneio estadual.
Com essa condição, fica a aberta a possibilidade de Itamar Schulle escalar a sua equipe com três zagueiros, como costuma fazer em duelos em que precisa manter a vantagem a seu favor.
Com isso, André Santos e Walber surgem como opções para compor a zaga ao lado de Plínio e Bruno Maia. Outra possibilidade é a saída do atacante Fernandinho para a entrada de Wanderson, que voltou a jogar bem e marcou dois gols na primeira partida semifinal contra o Trovão Azul.
João Bosco Sátiro vai apitar a primeira decisão. Nas bandeiras, Kildenn Tadeu e Broney Machado. Josemarques Domingos e Diego Roberto serão os suplentes da arbitragem.
Escalações
Treze: Diego, Ferreira, Ítalo, Fernando Lopes, Rafael Araújo; Dedé, Robson, Patrick, Marcelinho Paraíba; Edinho, Dico. Técnico: Celso Teixeira.
Botafogo-PB: Michel Alves, Lito, Plínio, Bruno Maia, Jadson; Djavan, Val, Fernandes, Marcinho; Fernandinho, Rafael Oliveira. Técnico: Itamar Schulle.
Paraibaonline

Edson Pereira

O Portal Fala Prefeito é um projeto de caráter informativo e dedicado a trazer a nossos leitores de forma universal e multilíngue, estabelecido na internet sob o princípio da responsabilidade, a informação.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário :