ACESSE O PORTAL WWW.PAGINA1PB.COM.BR

» » » » Escândalo de Côrtes empurra Rede D’or para o furacão

O novo escândalo de corrupção de Sérgio Cabral, desta vez na Saúde, empurrou a Rede D’or, uma das mais respeitadas do Rio, para o epicentro da Lava-Jato.
Segundo o Ministério Público Federal, Sérgio Côrtes, vice-presidente da rede e ex-secretário de Saúde, pagou 300 mil reais provenientes do grupo para Francisco de Assis Neto.
Conhecido também como Kiko, ele trabalhou como assessor de Sérgio Cabral e foi preso no dia 3 de fevereiro. 
“…foram apreendidos documentos com centenas de anotações e registros de contabilidade paralela da ORCRIM na residência de Luiz Carlos Bezerra. Nas anotações consta que Sérgio Côrtes teria pago R$ 300.000,00, provenientes da Rede D’Or, da qual é Vice-Presidente, a Francisco de Assis Neto (“Kiko” ou “Zambi”), proprietário da empresa Corcovado Comunicações Ltda, atualmente preso em decorrência da denominada Operação Calicute”, diz trecho do documento do MPF.
Além do Rio, o grupo D’or tem hospitais em São Paulo, Distrito Federal e Pernambuco.

Edson Pereira

O Portal Fala Prefeito é um projeto de caráter informativo e dedicado a trazer a nossos leitores de forma universal e multilíngue, estabelecido na internet sob o princípio da responsabilidade, a informação.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário :