Páginas

As denuncias pipocam, mas as praticas continuam no Governo

A campeã de aportes

Empreiteira que mais recebeu recursos do governo federal em 2014
Empreiteira que mais recebeu recursos do governo em 2014
A Lava-Jato não diminuiu os repasses feitos pelo governo federal em 2014 a quatro empreiteiras investigadas. Fechadas as contas do ano passado, cresceram os pagamentos feitos às construtoras Odebrecht, Galvão Engenharia, Mendes Júnior e Constran.
A Odebrecht foi a empreiteira em cujos cofres a União mais liberou dinheiro: 877 milhões de reais. Em 2013, recebeu 843 milhões de reais.
A Galvão Engenharia viu seu montante subir de 295 milhões em 2013 para 315 milhões de reais no ano passado.
A Mendes Júnior teve um crescimento maior: de 273 milhões em 2013, viu seus repasses subirem para 364 milhões de reais em 2014.
A Constran não ficou atrás: de 190 milhões de reais, subiu para 282 milhões no ano passado.
Os valores são apenas dos pagamentos diretos a cada empreiteira, sem considerar os consórcios que elas integram.
Por Lauro Jardim
Leia mais

Petrobras perde R$ 13,9 bilhões em valor de mercado em um dia


Perda foi motivada pela divulgação do balanço do terceiro trimestre, que não considerou redução de ativos no âmbito da Operação Lava Jato

Naiara Infante Bertão
Valor de mercado da petroleira passou de R$ 128,71 bilhões na terça-feira para R$ 114,81 bilhões nesta quarta-feira
Valor de mercado da petroleira passou de R$ 128,71 bilhões na terça-feira para R$ 114,81 bilhões nesta quarta-feira(Vanderlei Almeida/AFP)
A Petrobras perdeu 13,90 bilhões de reais em valor de mercado apenas nesta quarta-feira, quando os investidores reagiram à divulgação atrasada do balanço financeiro da empresa referente ao terceiro trimestre. De acordo com levantamento da Economatica, o valor de mercado da estatal passou de 128,71 bilhões de reais na terça-feira para 114,81 bilhões de reais nesta quarta-feira, um recuo de 10%. Na BMF&Bovespa, as ações da petroleira fecharam em dia em forte queda – 10,48% ON e 11,21% PN -, incorporando a decisão da empresa de não contabilizar agora as perdas contábeis de ativos no âmbito da investigação da Operação Lava Jato. Desde a deflagração da operação, em março do ano passado, a empresa já perdeu 45,06 bilhões de reais em valor de mercado. 
Para Luiz Pereira, estrategista da Guide Investimentos, a questão da Petrobras ter divulgado seu balanço seu o aval da auditoria externa, a PricewaterhouseCoopers (PwC) não foi o que mais pesou para os investidores. Segundo ele, o pior foi a falta de informações sobre as baixas. “Os investidores ficaram sem as informações mais esperadas e queriam um balanço mais claro”, comenta. Em sua opinião, a indefinição sobre a metodologia a ser usada para mensurar o quanto deve ser reajustado para baixo seus ativos pressiona ainda mais os papéis da empresa. “O cenário é de cautela. Não deverá ocorrer uma ‘debandada’ de acionistas no momento, pois isso já aconteceu no passado, quando as ações da empresa registraram fortes quedas. Mas a alta volatilidade permanecerá, sem prazo para acabar”, avalia.
No balanço, a Petrobras informou que ainda não chegou a uma metodologia que reflita a real perda de seus ativos por conta de contratos corruptos revelados pela Lava Jato. Foi testada, por exemplo, a avaliação do valor real de 52 empreendimentos, avaliados em 188,4 bilhões de reais no imobilizado atual. Verificou-se que 31 deles estavam supervalorizados em 88,6 bilhões no total, ou seja, que valem hoje menos do que consta em seu balanço. Porém, a estatal descartou essa metodologia porque acredita que ela pode incorporar ativos que nada têm relação com esquemas de corrupção e não representar a real dimensão das perdas com a Lava Jato. 
Segundo o advogado Robertson Emerenciano, sócio do escritório Emerenciano, Baggio Associados, há poucas maneiras de fazer essa conta, mas reitera que a Petrobras precisa resolver isso o quanto antes para ganhar confiança do mercado, de seus credores e também conseguir que a auditoria externa aprove suas contas.  “Este não é um balanço que reflete formalmente a situação da companhia, é meramente formal; foi divulgado basicamente para atender aos prazos da CVM (Comissão de Valores Mobiliários) e da SEC (agência que regula o mercado de capitais nos EUA, onde a Petrobras tem ações)”, pontua Emerenciano.
Pela metodologia do valor justo, as perdas líquidas seriam de 61,4 bilhões de reais, já que há 27,2 bilhões a serem creditados em ativos subvalorizados. Segundo o advogado, um ajuste dessa magnitude não é normal e tem motivos para repercutir negativamente. "O valor é muito grande. Ainda há dúvidas sobre quando serão contabilizadas essas perdas e em que medido o acionista controlador - o governo - vai adotar um critério razoável", diz.
Leia mais

Justiça do Rio quebra sigilos bancário e fiscal de Gabrielli


Quinta Vara da Fazenda Pública determina busca em dados de 2005 a 2010. Construtora Andrade Gutierrez e ex-diretores da estatal também são alvos

O ex-presidente da Petrobras Sérgio Gabrielli depõe em CPMI no Congresso
O ex-presidente da Petrobras Sérgio Gabrielli depõe em CPMI no Congresso (Pedro França/Ag. Senado/VEJA)
A Justiça do Rio de Janeiro decretou a quebra do sigilo bancário e fiscal e o bloqueio dos bens do ex-presidente da Petrobras José Sérgio Gabrielli, do ex-diretor de Serviços Renato Duque e do ex-gerente de Engenharia Pedro Barusco em investigação sobre superfaturamento de 31,4 milhões de reais em obras do Centro de Pesquisas e Desenvolvimento da Petrobras (Cenpes), na Ilha do Fundão, executada pela Andrade Gutierrez. A construtora também seus sigilos quebrados. A busca nas movimentações financeiras e dados tributários de Gabrielli, Duque, Barusco, outros cinco servidores da estatal e da empreiteira alcança período de 2005 a 2010.
A decisão é da juíza Roseli Nalim, da 5.ª Vara da Fazenda Pública, que acolheu pedido do Ministério Público do Rio de Janeiro feito em dezembro do ano passado, em ação civil pública. A investigação reúne quatro inquéritos civis da promotoria do Rio. Segundo a juíza, a decisão de bloquear os bens dos acusados busca evitar transferências para o nome de outras pessoas.
Segundo o Ministério Público, as irregularidades consistiram em "sucessivas e superpostas contratações em benefício da Andrade Gutierrez", "sobrepreço e superfaturamento praticado nos contratos", "ausência de transparência" na seleção da empreiteira para prosseguir como cessionária de obrigações firmadas entre a Petrobras e a empresa Cogefe Engenharia Comércio e Empreendimentos.

A apuração teve origem em levantamentos do Tribunal de Contas da União (TCU) em todas as obras do Centro de Pesquisas da Petrobras (Cenps), inclusive as relacionadas à ampliação e modernização do Centro. Os auditores identificaram contratos com "valores superiores aos praticados no mercado, além de firmados por preços superiores aos valores orçados pela própria estatal que, por sua vez, já traziam embutidos os sobrepreços".
O TCU concluiu que "a ausência de publicidade e observância do devido processo licitatório subtraiu da estatal a oportunidade de selecionar a melhor proposta, aquela que trouxesse maior vantajosidade para a empresa".
A decisão atinge ainda Sérgio Arantes, ex-gerente Setorial de Estimativas de Custos e Prazos, José Carlos Amigo, ex-gerente de Implementação de Empreendimentos para o Cenpes, Alexandre da Silva, ex-gerente Setorial de Construção e Montagem do Cenpes, Antônio Perrota, e Guilherme Neri, da área de orçamentos e contratos.
Os quatro contratos sob suspeita que envolvem a Andrade Gutierrez e a Cogefe são serviços de descarte de resíduos, de terraplenagem, fundações, edificações, pavimentação nas obras do Cenpes.
(Com Estadão Conteúdo)
Leia mais

CSP vence Sousa e assume liderança do Campeonato Paraibano 2015



O Tigre venceu pelo placar mínimo. O gol da partida foi assinalado por Robertinho

Campeonato Paraibano tem um novo líder após os três jogos desta quarta-feira (28) pelo certame estadual. Trata-se do CSP, que derrotou o Sousa, no Almeidão, e assumiu a liderança provisória da competição.
O jogo foi o ‘evento principal’ do Almeidão que teve mais um dia de rodada dupla na competição. Mais cedo, o Miramar recebeu o Santa Cruz-PB e quem se deu melhor foi a Cobra Canavieira, que venceu de virada por 3 a 1.
No segundo jogo da noite no Almeidão, o Tigre venceu o Dinossauro pelo placar mínimo. O gol da vitória foi marcado no primeiro tempo por Robertinho.
O jogo ainda foi interrompido por cerca de 20 minutos na primeira etapa após um problema de iluminação no Almeidão.
O CSP agora é líder da competição com 6 pontos, mesma pontuação de Santa Cruz-PB e Sousa que possuem menos gols de saldo e um jogo a mais, já que o Tigre folgou no último domingo.

Confira os resultados da noite:
Miramar 1 x 3 Santa Cruz-PB
CSP 1 x 0 Sousa
Atlético-PB 0 x 0 Auto Esporte

Classificação:
CSP: 6, + 3 (saldo)
Santa Cruz-PB: 6, +1
Sousa: 6, +1
Auto Esporte: 4
Lucena: 3
Atlético-PB: 1
Botafogo-PB: 0
Campinense: 0
Treze: 0
Miramar: 0, - 3

WSCOM 
Leia mais

Protesto em Campina: “Já esperamos há um ano e meio por esse reajuste"

Foto: Ascom
Os agentes de trânsito da Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos de Campina Grande (STTP) paralisaram as atividades durante toda esta quarta-feira, (28). A categoria quer que o prefeito Romero Rodrigues assine o decreto que regulamenta o Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração (PCCR), aprovado em 2011, que previa um reajuste de 6% a partir de agosto de 2013.

Pela manhã, os agentes fizeram uma movimentação no Palácio do Bispo, gabinete do prefeito. De acordo com a categoria, os agentes buscaram diversas vezes o prefeito e seus representantes para que a medida fosse respeitada, mas até agora não há nenhuma previsão da assinatura do decreto.

“Já esperamos há um ano e meio por esse reajuste, que é nosso direito. O impacto é mínimo para a prefeitura. Queremos uma posição concreta do prefeito para que a categoria seja contemplada e o PCCR respeitado”, explicou o presidente da Associação dos Agentes de Trânsito, Javã Araújo.

Após essa paralisação de advertência, a categoria vai se reunir em assembleia para decidir quais serão os próximos passos do movimento. Até agora não há indicativo de greve, porém se o prefeito não atender os anseios dos agentes essa possibilidade será fortemente discutida pela categoria.

Atualmente, existem cerca de 100 agentes de trânsito em Campina Grande, sendo que aproximadamente 80 realizam atividades externas de fiscalização e educação de trânsito.
Ascom
Leia mais

Romero vai fazer ajustes nas finanças e estuda fusão de secretarias na PMCG

Foto: Paraibaonline
O prefeito de Campina Grande Romero Rodrigues (PSDB) se reuniu com secretários municipais nesta terça-feira (28) para tratar de cortes e ajustes financeiros na gestão municipal.

- Vamos tornar os gastos mais eficientes, com planejamento e reduzir um pouco o custeio – declarou o prefeito.

Segundo o gestor, entre as ações estão o corte de horas extras, redução de locação de carros e do consumo de combustíveis.

Ele descartou a criação de novas secretarias e revelou que estuda a possibilidade de fundir algumas pastas para melhor funcionamento da gestão.

- Em função desse corte de despesas estamos refletindo até em fazer fusão em algumas secretarias – disse o prefeito.

Romero disse que vai intensificar as ações que contribuam para o crescimento das receitas do município.
Leia mais

O que o ex-coordenador de comunicações de CG tem a revelar?

Substituído na Codecom, Araújo anuncia saída da Prefeitura de Campina Grande

josearaujocodecomcgSubstituído pelo jornalista Marcos Alfredo, anunciado para a Coordenadoria de Comunicação de Campina Grande, o ex-coordenador da pasta, advogado José Araújo (foto), anunciou desligamento da gestão municipal, na redes sociais.
Insatisfeito com o processo que culminou com sua saída da comunicação, Araújo convocou entrevista coletiva para a próxima segunda-feira, às 10, na sede da Associação Campinense de Imprensa.
Na ocasião, promete o advogado, revelará as circunstâncias e desdobramentos de sua saída da administração municipal. Pelo tom adotado, José Araújo tende a subir o tom contra o prefeito Romero Rodrigues (PSDB) e aliados.
Leia mais

PSDB, PSD e PSC decidem sugerir Ricardo Marcelo para reeleição


Manoel ludgerio
O bloco formado pelo PSDB, PSC e PSD decidiu, por unanimidade, nesta quarta-feira (28), durante reunião no apartamento da deputada diplomada Camila Toscano (PSDB), sugerir que o deputado Ricardo Marcelo (PEN) disputa a reeleição para presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB).

A informação foi confirmada ao Portal pelo deputado Manoel Ludgério (PSD).
 Segundo o deputado, o grupo defende que o atual presidente da ALPB, Ricardo Marcelo, dispute mais um mandato, referente à legislatura 2015/2016, sem reeleição.
“Sem desmerecer os demais postulantes, entendemos que a gestão de Ricardo Marcelo foi exitosa”, afirmou.
  MaisPB
Leia mais

Banco do Brasil registra 535 mil inscritos em concurso de nível médio

O Banco do Brasil registrou cerca de 535 mil inscritos no concurso para o cargo de escriturário. A seleção ofereceu 2.499 vagas em cadastro de reserva nos estados de Acre, Amapá, Amazonas, Ceará, Maranhão, Mato Grosso, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Santa Catarina e Sergipe. As informações são da assessoria de imprensa do BB.
Apesar de o concurso ser para nível médio, a maioria (66%) cursa ou já concluiu a graduação, inclusive com especialização, mestrado e doutorado.
Além disso, 33% dos inscritos disseram dominar outro idioma. A maioria, 61% dos inscritos, já está empregada. Jovens solteiros com até 25 anos são 51% dos candidatos.
Segundo o órgão, o número de candidatos é 58% maior do que o concurso anterior de 2012, para as mesmas regiões, que registrou 338.519 inscritos.
O último concurso para o cargo de escriturário foi realizado no final de 2013 e teve 636.384 candidatos inscritos.
Concurso
A seleção ofereceu 2.499 vagas em cadastro de reserva para o cargo de escriturário, que exige nível médio. O salário é de R$ 2.227,26. Do total das oportunidades, 5% são reservadas para candidatos com deficiência e 20% para pretos e pardos.
Os candidatos devem ter nível médio. A jornada de trabalho será de 30 horas semanais.
Entre as atividades do cargo estão: atendimento ao público, atuação no caixa (quando necessário), contatos com clientes, prestação de informações aos clientes e usuários, redação de correspondências em geral, conferência de relatórios e documentos, controles estatísticos, atualização/manutenção de dados em sistemas operacionais informatizados, entre outras.
Além do salário, os profissionais terão participação nos lucros ou resultados, nos termos da legislação pertinente e acordo sindical vigente, ajuda alimentação no valor de R$ 572, vale-refeição de R$ 431,16, vale-transporte, vale-cultura de R$ 50, auxílio-creche, auxílio a filho com deficiência e previdência privada.
A seleção terá 3 etapas: prova objetiva, prova de redação e perícias médicas e procedimentos operacionais. As provas objetiva e de redação serão aplicadas na data provável de 15 de março de.
A seleção terá validade de 1 ano e poderá ser prorrogada, uma vez, por igual período.
De acordo com o edital, ficam asseguradas as admissões, conforme necessidade de provimento, dos candidatos classificados nas Seleções Externas 2012/003, 2013/001 e 2013/002 até o término de suas vigências (15/04/2015, 26/09/2015 e 08/05/2015 – podendo ser prorrogadas) ou o esgotamento da reserva de candidatos aprovados, prevalecendo o que ocorrer primeiro.
G1
Leia mais

´Caderno´ de presidenciável da Câmara Federal conta votos


<
Foto: Agência Câmara

No caderno que acompanha aliados de Eduardo Cunha (RJ) estão os nomes de 330 deputados que seriam votos "certos" para o peemedebista na eleição da Câmara Federal, informa o jornal Folha de São Paulo.
Os indecisos não passam dos 60. A Câmara tem 513 deputados.
Leia mais

Professores do Estado fazem protesto em Campina Grande

Os professores da rede estadual de ensino da Paraíba fizerem um protesto nesta quarta-feira (28) em Campina Grande.

Eles se concentraram na Praça da Bandeira, no centro da cidade e reclamaram do reajuste salarial concedido pelo Governo do Estado ao magistério.

Segundo eles, apenas uma parte dos professores foi beneficiada com o aumento e fica baixo do piso nacional. Eles também reivindicam uma revisão do PCCR da categoria.
Leia mais

Pedido de criação do PL deverá ser protocolado em abril


<
Foto: Agência Brasil

O ministro das Cidades, Gilberto Kassab (PSD), está preparando o pedido de criação do Partido Liberal (PL) para apresentar ao Tribunal Superior Eleitoral.

Ele pretende protocolar o pedido até o final de abril, segundo interlocutor do ex-prefeito de São Paulo e criador do PSD, noticia o jornal O Estado de São Paulo.

A expectativa do ministro é de que pelo menos 20 deputados federais migrem de outras siglas para a nova legenda após sua criação.
Leia mais

Dilma Rousseff sanciona o Dia Nacional do Milho e gera críticas na internet


A presidente Dilma Rousseff sancionou nesta quarta-feira (28/1) o projeto de lei que institui o Dia Nacional do Milho. A proposta foi apresentada pela então deputada federal Kátia Abreu (PMDB-TO), atualmente no Ministério da Agricultura.
O Dia Nacional do Milho, 24 de maio, serve para estimular e orientar a cultura do cereal. O assunto está entre os 10 mais comentados no Twitter. Além disso, Dilma criou nesta quinta-feira o Dia Nacional da Vigilância Sanitária, Dia do Técnico Agrícola e o Dia Nacional da Parteira Tradicional.
Esta não é a primeira vez em que a presidente aprova uma lei que gera reações na internet. No fim de dezembro de 2014, Dilma sancionou o Dia Nacional do Macarrão, comemorado em 25 de outubro. A proposta foi apresentada pelo deputado federal Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR).
CRÍTICAS E PIADAS
celly @celly00327456
dia do MILHO é pra rir ou pra chorar?
15: 41 - 28 jan 2015

andrey dos nude™ @andreysanfs
eu saio pra uma entrevista e a dilma oficializa o dia do milho 7 a 1 foi pouco mesmo
15: 34 - 28 jan 2015

João Pedro @jpsateles
"Viu? A Dilma criou o dia do milho. Aff" Amigo, a lei passou por 594 representantes eleitos e um ministro. O problema é um pouco maior.
15: 45 - 28 jan 2015
180 Graus 
Leia mais

Estudo associa puberdade precoce ao consumo de bebidas com açúcar



Meninas que costumam consumir refrigerantes e sucos com açúcar tendem a ficar menstruadas mais cedo em comparação com aquelas que não têm esse hábito. A conclusão é de uma pesquisa publicada no Human Reproduction, uma das principais revistas sobre medicina reprodutiva do mundo.
Este é o primeiro estudo a investigar a relação entre bebidas com açúcar ou outros aditivos, como xarope de milho, e a idade em que as garotas têm a primeira menstruação, conhecida como menarca.
Os pesquisadores acompanharam mais de 5.500 meninas de 9 a 14 anos entre 1996 e 2001. Eles descobriram que as participantes que bebiam mais de uma porção e meia por dia de bebidas açucaradas menstruaram 2,7 meses antes que aquelas que consumiam apenas duas ou menos porções ao longo da semana. A menarca, no primeiro caso, ocorreu em média aos 12,8 anos. Cada porção equivalia a uma lata de refrigerante ou de chá gelado com açúcar e uma garrafinha de suco adoçado.
A líder da pesquisa, Karin Michels, professora da Harvard Medical School, nos EUA, explica que o resultado foi independente de fatores como Índice de Massa Corporal (IMC), altura, ingestão total de alimentos e prática de atividade física.
Ao levar em conta o IMC, ela conta que o efeito foi ainda mais expressivo: as que consumiam mais bebidas com açúcar foram 22% mais propensas a menstruar antes das garotas que consumiam menos. Já o consumo de sucos naturais e refrigerantes diet não foi associado à redução de idade da primeira menstruação.
A descoberta é relevante, pois a puberdade precoce tem sido ligada a um risco maior de desenvolver câncer de mama na maturidade. Além disso, o consumo excessivo de bebidas com açúcar tem sido associado a resistência a insulina, diabetes e obesidade, doenças crônicas que têm se tornado cada vez mais frequentes.
180 Graus 
Leia mais

Romero antecipa pagamento dos servidores, com reajuste


Romero Rodrigues, prefeito de Campina Grande
Romero Rodrigues, prefeito de Campina Grande
O pagamento dos servidores públicos efetivos e os comissionados da Prefeitura de Campina Grande, referente ao mês de janeiro, que estava programado para esta quinta-feira (29), foi  antecipado. e realizado nesta quarta-feira (28).
Já com o reajuste concedido aos servidores que percebem o salário mínimo, somando-se aos aposentados e pensionistas do Instituto de Previdência do Município (Ipsem), cujo pagamento foi feito na terça-feira passada, 27, a Prefeitura injetou mais de R$ 21 milhões na economia do município. A folha dos 8.316 servidores da ativa ultrapassa os R$ 17 milhões, enquanto que o pagamento dos inativos, que somam 3.319, é da ordem de R$ 4,3 milhões.
Segundo o secretário executivo de Finanças do Município, Joab Pacheco,  a recomendação do prefeito Romero Rodrigues é sempre valorizar, cada vez mais, o servidor e pagar dentro do mês trabalhado. Desta forma, os servidores estão recebendo seus salários sempre dentro do mês trabalhado. O impacto na folha, com o acréscimo relativo ao reajuste salarial, segundo o secretário Joab Pacheco, é da ordem de R$ 500 mil por mês, o que equivale a um total superior a R$ 6 milhões, ao longo do ano.
Leia mais

Bruno afirma que Tião terá que provar acusações contra deputados

Acusações de fraude na eleição da ALPB são ‘absurdas’ e Tião ‘tem que provar o que está dizendo’, afirmam deputados de oposição

Os deputados de oposição na Assembleia Legislativa da Paraíba reagiram às declarações de Tião Gomes (PSL) de que o deputado Ricardo Marcelo (PEN) poderia estar preparando uma fraude para a eleição de domingo. Tião chegou a dizer que Ricardo Marcelo poderia ter contratado um hacker de São Paulo para fraudar o processo.
A deputada Camila Toscano (PSDB) considerou um absurdo a fala do deputado governista. A bancada que está sendo conhecida como “grupo dos seis” declarou seu voto em Ricardo Marcelo na eleição para a Presidência da Mesa. Ela diz serem infundadas as declarações de Tião.
“Não faz qualquer sentido, e não há nenhum interesse nisso. Isso nem sequer se pode cogitar. É uma eleição de quórum pequeno. Não há nem espaço para isso”, declarou a deputada.
“Não há vínculos entre as declarações de Tião e a realidade. São verdadeiros equívocos exagerados”, disse Tovar Corrêia Lima (PSDB), que também se sentiu incomodado pelas declarações do deputado governista.
Já o deputado Bruno Cunha Lima (PSDB) disse que acredita na boa índole dos 36 deputados estaduais e que nem Adriano Galdino (PSB) e nem Ricardo Marcelo se dariam a este trabalho.
“Se precisamos contestar uma eleição de uma casa legislativa de 36 deputados, então tem alguma coisa errada no processo”, declarou.
Ele ainda frisou o fato de que as acusações feitas por Tião são muito sérias e devem ser provadas.
“O ônus da prova cabe a quem acusa. O que ele falou é muito sério. Não é uma acusação política, mas pessoal. Ele está acusando Ricardo Marcelo de cometer um crime, e ele precisa provar isso”, disse Bruno.
Leia mais

PB tem 1ª unidade do Exército comandada por uma mulher


PB tem 1ª unidade do Exército comandada por uma mulher
 Pela primeira vez na história, uma organização militar do Exército Brasileiro está sendo comandada por uma mulher, segundo divulgado na página oficial do Exército Brasileiro em uma rede social. Desde sexta-feira (23) o Hospital de Guarnição de João Pessoa é comandado pela Major Carla Maria Clausi, uma médica paranaense.

De acordo com a Seção de Comunicação Social do Hospital de Guarnição de João Pessoa, sob o comando da major está uma equipe de 240 militares e 40 civis que atendem 6 mil usuários entre militares, dependentes, pensionistas, ex-combatentes e servidores civil das Forças Armadas na Paraíba.

Carla Clausi fez medicina na Universidade Federal do Paraná, fala quatro línguas, se formou na Escola de Saúde do Exército em 1997 e já tem uma coleção de nove medalhas e uma missão no Haiti no seu currículo. Ela foi nomeada para o cargo no Hospital de Guarnição em maio de 2014, mas só foi empossada no cargo na última sexta-feira.

Antes de ficar sob o comando da major, o Hospital de Guarnição já tinha destaque histórico por ser o único hospital militar brasileiro a receber o título de ‘Hospital Amigo da Infância’, título concedido pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), por conta do trabalho de incentivo à maternidade e amamentação. Por conta disso, o hospital tem registro no Guiness Book.

G1
Leia mais
 
FALA PREFEITO | Layout: Lenildo Ferreira Consultoria em Comunicação Contato © Blog de responsabilidade do radialista Edson Pereira