Páginas

Câncer de mama: médicos defendem incorporação ao SUS do teste de perfil genético

Agência Brasil
Saúde cria serviço de referência para tratar câncer de colo de útero e de mama
Tecnologia mapeia os 70 genes do nódulo e indica se o tumor é de baixo risco ou de alto risco Marcello Casal/Arquivo/Agência Brasil





















No Dia Nacional de Luta contra o Câncer, comemorado hoje (27), médicos defendem a incorporação do teste de perfil genético para o câncer de mama no rol dos procedimentos da Agência Nacional de Saúde (ANS) e no Sistema Único de Saúde (SUS). Disponível em algumas unidades particulares do país, a tecnologia importada mapeia os 70 genes do nódulo e indica se o tumor é de baixo risco ou de alto risco.
A presidenta da Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama (Femama), Maira Caleffi, lamentou que hoje muitas mulheres acabem tendo que passar por sessões de quimioterapia sem precisar.
“Na dúvida, os médicos recomendam a quimioterapia. Metade dessas pacientes, em estágio 1, com axila negativa e tumores pequenos, acaba tendo que fazer a quimioterapia sem nenhum benefício significativo”, disse Maira. “A indicação é muito restrita, e o teste pode ser incorporado ao SUS sem grandes repercussões nos recursos públicos. Mas os critérios devem estar muito bem definidos para a utilização desses testes”, alertou.

De acordo com a entidade internacional Early Breast Cancer Trialists Collaborative Group, entre 30% e 40% das mulheres com câncer de mama no mundo não precisariam de quimioterapia.
A presidenta da Femama acredita que no futuro, com maior conscientização sobre a importância do diagnóstico precoce, mais mulheres poderão se beneficiar com o teste. “Essas pacientes são cada vez mais comuns. O triste é não ter esses casos, pois muitas pacientes ainda aparecem com tumores grandes e axila comprometida, que nem dá margem para dúvida: recomendamos a quimioterapia”.
Para o presidente da Sociedade Brasileira de Mastologia, Ruffo de Freitas Junior, além de poupar a mulher com tumor mais brando do uso da quimioterapia, o teste no sistema público de saúde pouparia gastos.
“Essa plataforma gênica separa de maneira exemplar e muito segura as pacientes que vão precisar de quimio e as que não vão”, comentou. “O tratamento de quimioterapia tem entre quatro e oito ciclos. Cada ciclo custa de R$ 6 mil a R$ 8 mil. Atualmente, o estudo custa aproximadamente entre R$ 10 mil e R$ 12 mil. Dois ciclos de quimioterapia já pagariam o teste”, argumentou o médico.
A publicitária paulista Flávia Mantovanini, 43 anos, descobriu no exame de rotina que tinha um tumor maligno de nível 2. Após a cirurgia, o médico indicou a quimioterapia como forma de prevenção, mas Flávia optou por fazer o mapeamento genético com recursos próprios para tentar evitar a químio.
“Com essa identificação, vi que era um problema hormonal e que havia poucas chances de voltar. É um exame caro, mas aceitei fazer, porque a quimioterapia é realmente muito agressiva,” contou ela, que atualmente faz uso de remédio preventivo, que terá que tomar por dez anos. “A operação foi há seis meses e estou ótima”, disse.n
Um estudo sobre o perfil de câncer de mama das mulheres de acordo com as regiões do país, desenvolvido pela Universidade de São Paulo, aponta que os casos da doença são mais comuns no Sul e Sudeste, porém mais agressivos no Norte e Nordeste. Divulgado em outubro, o estudo mostrou que no Sul e Sudeste a incidência do tumor triplo negativo (mais agressivo) é aproximadamente 14%, enquanto no Norte o índice sobe para 20,3% e no Nordeste e Centro-Oeste vai para 17,4%. Já os tumores do tipo luminal A (baixo risco) representam 30,8% dos casos relatados na Região Sul e 28,8% no Sudeste. A frequência desse tipo de câncer cai para 24,1% no Nordeste, 25,3% no Norte e 25,9% no Centro-Oeste.
Leia mais

Dilma sugere ao PMDB Henrique Alves para a Previdência

BRASÍLIA - Para desfazer a crise criada com o PMDB ao convidar a senadora Kátia Abreu (PMDB-TO) para ministra da Agricultura sem conversar com o partido, a presidente Dilma Rousseff sinalizou que poderá indicar o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), para a Esplanada. Em conversa nos últimos dias com o vice-presidente Michel Temer e com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), Dilma sugeriu nomear Alves para o Ministério da Previdência, no lugar de Garibaldi Alves, primo dele, que retomará o mandato de senador.

Ao ouvir dos peemedebistas a justificativa de que a Agricultura, que será assumida por Kátia Abreu, sempre foi uma pasta cuja indicação passava pela bancada do partido da Câmara, a presidente sugeriu a troca: dar aos deputados a Previdência, anteriormente indicada pelos senadores. A equação, no entanto, não é tão simples de resolver, porque os deputados concordam com a nomeação de Alves, mas para o Ministério da Integração Nacional. A Previdência é historicamente considerada um “abacaxi”, já que as medidas mais importantes dos ministros da pasta são geralmente cortes impopulares de benefícios.

Ao sinalizar que dará a Henrique Alves uma vaga na Esplanada, Dilma contraria o que vinha dizendo aos seus auxiliares logo após as eleições: que não faria um Ministério de derrotados nas disputas estaduais. Mas ela já indicou o senador Armando Monteiro (PTB), que perdeu o governo de Pernambuco, para o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio. Henrique Alves foi derrotado no Rio Grande do Norte. Mais dois senadores peemedebistas que perderam eleições para o governo nos seus estados trabalham para garantir um espaço no Ministério: o líder do governo no Senado, Eduardo Braga (AM), e o líder do PMDB no Senado, Eunício Oliveira (CE).

Em conversa entre Dilma e Temer, ficou acertado que, em princípio, o PMDB terá seis ministérios: três indicados pelos senadores, e outros três indicados pela bancada da Câmara ou pela direção do partido. Dilma conseguiu de Renan Calheiros o acordo de que Kátia Abreu, que vinha sendo considerada cota pessoal da presidente, seja uma indicação dos peemedebistas do Senado. Dilma deixou claro a Renan que a nomeação de Kátia para a Agricultura é “muito importante” para ela e que, apesar das reações contrárias que surgiram após o vazamento da indicação, não deverá mudar de ideia.

— Depois de perceber a confusão que criou convidando Kátia para a Agricultura, a presidente propôs a troca desse ministério passar a ser uma indicação do Senado, e a Previdência, com Henrique, da Câmara — contou um peemedebista da cúpula.

Com Garibaldi e Edison Lobão (Minas e Energia) fora da Esplanada, o partido definirá se Vinicius Lages — indicado por Renan — permanece no Turismo, ou se emplaca Braga ou Eunício na pasta.

— Estou voltando, porque ninguém se perde no caminho de volta — disse ontem Garibaldi, ao circular pelo Senado.

MINAS E ENERGIA

Braga vem trabalhando para substituir Lobão no Ministério de Minas e Energia, mas não é tarefa fácil. Desde que estourou o escândalo da Petrobras, Dilma quer manter a pasta sob seu estrito comando. Uma das ideias é indicar para a área seu ex-chefe de gabinete Giles Azevedo, que atualmente coordena a transição do governo. Dilma, no entanto, tem dificuldade em nomear seus auxiliares mais diretos para postos de comando. Prefere mantê-los em assessorias especiais, como acontece com Giles desde que veio com ela de Porto Alegre para Brasília, em 2003. Segundo interlocutores da presidente, Braga pode ter chance porque sempre teve uma boa relação com ela desde que substituiu Romero Jucá (PMDB-RR) na liderança do governo no Senado.



Se Dilma tirar o Ministério de Minas e Energia do PMDB, o partido brigará para aumentar sua participação, já que a pasta é considerada uma das mais importantes da Esplanada, pois comanda Petrobras, Itaipu e todo o setor elétrico.

— Se ela tirar esse ministério do PMDB, terá que compensar com outros, porque ele tem mais poder que a maioria — disse um dirigente.

Quanto a Eunício, ele gostaria de ser indicado para o Ministério da Integração Nacional, pasta na qual Henrique Alves também tem interesse. Na cota do vice-presidente Michel Temer, Moreira Franco deverá permanecer na Aviação Civil. Uma eventual indicação de Henrique Alves para ministro tem o apoio de maioria expressiva dos deputados.
oglobo
Leia mais

Bruno, Ludgério e Tovar consideram precipitadas as eleições na AL

Os deputados estaduais eleitos, Bruno Cunha Lima, Manoel Ludgerio e Tovar Correia Lima, se reuniram hoje (26) para debater as eleições da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa da Paraíba e decidiram que não vão antecipar o debate. Em nota conjunta, os futuros parlamentares informaram que não vão priorizar o tema "em respeito aos problemas mais relevantes da Paraíba".


Confira a nota:

Reunidos na tarde de 26/11/14, os Deputados Estaduais, Bruno Cunha Lima, Manoel Ludgerio e Tovar Correia Lima, decidimos, que em respeito aos problemas mais relevantes da Paraíba, destacamos: segurança pública e insegurança hídrica, acordamos, não priorizar neste momento, a discussão sobre a eleição da mesa diretora da ALPB, biênio 2015/2016.

Entendemos também, ser precipitada a antecipação da eleição para a mesa diretora, biênio 2017/2018. Acordamos também, que no momento oportuno, nossa decisão será pública e conjunta.

BRUNO CUNHA LIMA, MANOEL LUDGERIO E TOVAR CORREIA LIMA.
Leia mais

Impostos pagos pelos brasileiros este ano chegam a R$ 1,5 trilhão


Em 2013 - ano de arrecadação recorde - marca foi alcançada somente no dia 9 de dezembro









O valor pago pelos brasileiros em impostos federais, estaduais e municipais desde o início do ano alcançou R$ 1,5 trilhão, na noite desta quarta-feira (26), segundo o “Impostômetro” da Associação Comercial de São Paulo (ACSP). Em 2013, essa marca foi alcançada somente no dia 9 de dezembro.

O painel eletrônico que calcula a arrecadação em tempo real está instalado na sede da associação, na Rua Boa Vista, região central da capital paulista.

“Os dados do Impostômetro revelam que a arrecadação de tributos vem crescendo mais lentamente neste ano, em função do baixo nível de atividade. O forte desequilíbrio fiscal de 2014, no entanto, decorre muito mais de crescimento acentuado da despesa pública”, diz Rogério Amato, presidente da ACSP e da Facesp (Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo).

O total de impostos pagos pelos brasileiros também pode ser acompanhado pela internet, na página do Impostômetro. Na ferramenta, criada em parceria com o Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT), é possível acompanhar quanto o país, os estados e os municípios estão arrecadando em impostos.

Também se pode fazer comparações do que os governos poderiam fazer com o dinheiro arrecadado, como quantas cestas básicas se poderia fornecer e quantos postos de saúde poderiam ser construídos.

O Impostômetro encerrou o ano de 2013 com a marca recorde de R$ 1,7 trilhão.



G1
Leia mais

Cássio começa a costurar apoios para Ricardo Marcelo e quer oposição no poder na Assembleia Legislativa


Cássio começa a costurar apoios para Ricardo Marcelo e quer oposição no poder na Assembleia Legislativa
 Adotando a estratégia de fugir dos holofotes da política paraibana após o resultado negativo das últimas eleições para governador, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) entrou em campo ontem (26) em prol de aglutinar sua base em prol do seu compromisso de campanha de apoiar a reeleição do deputado Ricardo Marcelo (PEN) a presidência da Assembleia Legislativa. Ricardo Marcelo faz parte do bloco oposicionista ao governador reeleito Ricardo Coutinho (PSB), na Casa de Epitácio Pessoa.

Neste âmbito, Cássio se reuniu com seu primo o deputado estadual eleito Bruno Cunha Lima (PSDB) que estava em cima do muro, para que o mesmo apoie a reeleição de Ricardo Marcelo. Os cassitas (deputado Manoel Ludgério (PSD) e os eleitos Tovar Correia (PSDB) e Bruno Cunha Lima (PSDB)), bem provavelmente orientados pelo seu líder maior optaram por uma estratégia de tirar o foco das eleições, repelindo o que chamam de “discussão antecipada” e incitando o debate dos problemas da pauta da Paraíba. Eleição para eles somente em janeiro.

Já o também defensor da reeleição de Ricardo Marcelo, o deputado estadual Trocoli Júnior (PMDB) previu um páreo duro na eleição da Mesa da Assembleia, mas crê em favoritismo de Ricardo Marcelo. Ricardo Marcelo deverá enfrentar o deputado Adriano Galdino (PSB), que garante já ter 21 votos a seu favor. PBAgora
Leia mais

Secretário faz avaliação positiva sobre PMCG na Fetech


ander_agra_palestra_fetechO engenheiro André Agra, secretário municipal de Obras, fez uma avaliação positiva sobre a presença da Prefeitura de Campina Grande na 12º edição da Fetech – Feira de Tecnologia, realizada na semana passada no Spazzio. Empresários da Paraíba e de outros estados visitaram o estande da PMCG para conhecer e buscar detalhes sobre o projeto de construção do Complexo Multimodal Aluízio Campos, localizado no bairro do Ligeiro. Além da dimensão do terreno, de mais de 800 hectares, a diversificação de segmentos empresariais com interesse para instalação na área tem chamado a atenção de equipes da Prefeitura Municipal.
A relevância do Aluízio Campos foi destacada na última sexta-feira (22), durante a apresentação realizada pelos secretários André Agra (Obras) e Luiz Alberto Leite (Desenvolvimento Econômico) para empresários. Na ocasião, muitos solicitaram mais dados técnicos sobre o projeto, enquanto outros demonstraram interesse na aquisição de lotes. A apresentação do Complexo Multimodal Aluízio Campos, primeira realizada oficialmente por equipes da PMCG, ressaltou a dimensão da obra e os diversos setores da economia que podem ser instalados na área (comércio, indústria, ciência, tecnologia e empresas dos setores logísticos e farmacêuticos).
“Nossa avaliação é muito boa. Estava prevista uma apresentação no auditório de 50 lugares. Depois, precisamos aumentar para 100 lugares. Foram muitos empresários e a repercussão foi positiva. Por isso, haverá um ciclo de apresentações do Complexo Multimodal Aluízio Campos, a partir de dezembro, para outros empresários e também para a imprensa”, disse André Agra.
Considerando que os setores do comércio e de serviços representam cerca de 40% das receitas da Paraíba, enquanto a indústria 22%, isso indica que 66% está sendo assumido pela iniciativa privada. O meio rural representa aproximadamente 4%. O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Luiz Alberto Leite, está otimista com o projeto do Complexo Aluízio Campos porque acredita que este somará esforços à cultura local do empreendedorismo.
Mais de 160 empresas da Paraíba e de outros estados brasileiros confirmaram interesse em instalar filiais ou novas unidades no Aluízio Campos. A primeira delas foi a Ibrava (montadora de ônibus), que já iniciou a construção da filial em Campina Grande. A área receberá ainda uma “Tecnopólis” (destinada ao fomento da ciência, tecnologia e informação), e que integrará institutos de pesquisa, agentes e produtores de tecnologia. Também está sendo construído um conjunto habitacional com 4,1 mil imóveis.
ÁREA VERDE – Além dos investimentos empresariais, o Complexo Multimodal Aluízio Campos contará com áreas verdes e áreas de compensação. Dentro da área do próprio Aluízio Campos haverá um bosque. Também foi desapropriado o Sítio Louzeiro para construção de um Jardim Botânico (com 42 hectares). “Será um investimento no verde e com foco na sustentabilidade”, disse André Agra.
Leia mais

Fórum debate o combate ao câncer de mama em sessão especial na ALPB



Nesta quinta-feira (27), Dia Nacional de Combate ao Câncer de Mama, será realizada uma sessão especial para debater questões sobre a neoplasia e a importância do diagnóstico precoce para aumentar as chances de cura. A sessão acontecerá no Plenário Deputado José Mariz, na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), às 15h30. 

Na sessão especial, requerida pela deputada estadual Daniella Ribeiro (PP), será realizado o Fórum com o tema “Problemas e Soluções – Quem tem peito” e contará com a presença de mastologistas, representantes de ONGs e mulheres que venceram o câncer. Segundo as estimativas do Instituto Nacional do Câncer (Inca), a doença deve atingir 750 mulheres paraibanas em 2014.

O principal objetivo do Fórum, além de todas as orientações quanto à prevenção do câncer de mama, é transmitir calor humano, solidariedade e tranquilidade em todos os momentos, procurando sempre apoiar as mulheres que estão com câncer de mama e incentivá-las a realizar o tratamento, a voltar ao trabalho, reintegrando-se socialmente.
Leia mais

PMCG deverá concluir esta semana decoração natalina do Sesquicentenário


decoracao_natalina
Deverá ser concluída esta semana a decoração natalina de Campina Grande que, neste ano, fará uma homenagem aos 150 anos de emancipação política da cidade. Equipes da Prefeitura Municipal e da empresa Lançar Construtora, licitada para a execução das obras e serviços de engenharia elétrica especializada, trabalharão nesta semana no Viaduto Elpídio de Almeida e Parque da Criança. Este ano, o investimento com a decoração natalina será de R$ 932 mil.

Entre as áreas que já receberam a decoração de Natal estão a Praça Raymundo Asfora (portão de entrada da cidade), a Avenida Brasília, outras áreas de lazer e as principais ruas e avenidas do centro comercial, a exemplo da Avenida Floriano Peixoto. A decoração natalina, mais uma vez, está encantando os campinenses e visitantes.
Luzes especiais e mangueiras em LED estão sendo utilizadas na decoração deste ano. Também estão sendo instalados projetores e refletores, adornos e pisca-piscas. O trabalho da Lançar Construtora é coordenado por equipes da Secretaria de Obras (Secob). A empresa foi vencedora da tomada de preços número 2.08.006/2014, cujo processo pode ser conferido no portal da Secob (www.portalsecob.com).
Leia mais

Lançamento de selos abre programação de aniversário do Teatro


selo_tmscA solenidade comemorativa dos 51 anos do Teatro Municipal Severino Cabral foi realizada na noite desta terça-feira, 25, no hall da casa de espetáculos, e contou com presenças de autoridades, pessoas ligadas à cultura campinense e um grande público. O prefeito em exercício Ronaldo Cunha Lima Filho e o secretário de Cultura, Lula Cabral, foram representados pelo diretor do teatro, Erasmo Rafael.
A solenidade foi aberta pela presidente da Comissão do Sesquicentenário de Campina Grande, professora Iara Macedo. Em seguida, a ativista cultural Eneida Agra Maracajá falou da importância do evento que marca a celebração da arte, cultura, emoção e da travessia de grandes artistas que passaram pelo palco do Severino Cabral.
“Eu tive o privilégio de dirigir esta casa, de participar da inauguração. Lembro que o primeiro artista a pisar nesse palco foi o humorista José Vasconcelos. Temos aqui um templo de cultura que merece todo nosso respeito e carinho e nossos parabéns”, disse Eneida.
O diretor Erasmo Rafael oficialmente lançou a série de cartões postais comemorativa ao sesquicentenário de emancipação política de Campina. São fotografias de cinco prédios históricos na cidade: o Teatro Severino Cabral, o Museu Histórico, o Açude Velho, e Estação Velha e a Catedral. As fotos tiveram a arte ilustrada em aquarela pelo artista Soster.
Este ano, a programação vai do erudito ao popular, voltada para um público diverso, desde um espetáculo que lembra o marco da ditadura militar, uma apresentação de humor com Lucas Veloso, Capilé, peças teatrais e concerto de música clássica. “É muito gratificante estar nesse momento realizando esse trabalho na gestão de Romero Rodrigues, que muito tem contribuído para a cultura campinense”, frisou Erasmo.
A peça teatral da noite desta terça-feira, “Nem mesmo todo o oceano”, contou no elenco com atores consagrados nacionalmente e direção de José Wendel e Júnior Dantas, dois artistas campinenses que começaram sua carreira no Teatro Municipal e atualmente moram no Rio de Janeiro.
O Teatro Municipal foi inaugurado no dia 30 de novembro de 1963 pelo então prefeito Severino Cabral, que deu nome à casa. Tem projeto arquitetônico do engenheiro Geraldino Pereira. O prédio é inspirado em um bico de flauta, com uma área de 4.816 metros quadrados. Tem capacidade para 600 pessoas e consta de um palco principal, galeria Irene Medeiros, miniteatro Paulo Pontes, biblioteca, varanda, sala de cursos e outros espaços usados para produção artística local.
A programação, que vai até o dia 30 de novembro, será dedicada ao professor, jornalista, teatrólogo e ex-diretor Hermano José, que morreu na ultima segunda-feira, 24, vítima de um infarto. Hermano dirigiu o teatro por duas gestões.
codecom
Leia mais

Daniella Ribeiro convida população para debater o combate ao câncer de mama na Paraíba


Fórum discutirá os problemas e as soluções para diminuir a mortalidade da neoplasia
 


A deputada estadual Daniella Ribeiro (PP) usou a tribuna na manhã desta quarta-feira (26) para convidar a população a participar da sessão especial que debaterá questões sobre o câncer de mama na Paraíba. Na ocasião será realizado o fórum sob o tema “Problemas e Soluções – quem tem peito vai”, com palestra da mastologista Eulina Helena Ramalho. A sessão acontece nesta quinta-feira (27), às 15h30, no Plenário Deputado José Mariz, na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB).

Daniella destacou que, durante todo o mês de outubro, foi feito um chamamento das mulheres para realização de exames de rastreamento do câncer de mama. Nesse fórum, o objetivo é debater os principais problemas que as mulheres enfrentam na hora de buscar os serviços de saúde e discutir as possíveis soluções. “O momento agora é de ouvir quais são esses problemas e pensar as soluções. No fórum teremos a participação de representantes de ONGs, do Ministério Público e de instituições de saúde e vamos juntos debater essas questões”, destacou.  

Segundo as estimativas do Instituto Nacional do Câncer (Inca), 750 mulheres paraibanas foram ou devem ser diagnosticadas com câncer de mama apenas neste ano. O diagnóstico precoce é a principal arma no combate à doença. Porém, é preciso um rastreamento mamográfico eficaz para as mulheres a partir dos 40 anos de idade. “O Estado deve oferecer as ferramentas para que todas as paraibanas possam fazer esse rastreamento anualmente. Não podemos mais permitir que a atual taxa de mortalidade continue, já que as chances de cura são grandes quando o câncer é diagnosticado precocemente”, salientou Daniella.    



Assessoria
Leia mais

Plano “Juventude Viva” será lançado nesta quinta em Campina Grande

juventudeviva

A Prefeitura Municipal de Campina Grande, através da Secretaria de Esporte, Juventude e Lazer (Sejel), em parceria com a Secretaria Nacional de Juventude (SNJ), promove nesta quinta-feira, 27, o lançamento do Plano “Juventude Viva” no município.

O evento será realizado no Teatro Rosil Cavalcante, a partir das 18h, e contará com as presenças do prefeito em exercício Ronaldo Cunha Lima Filho, da secretária Nacional de Juventude, Severine Macedo, da coordenadora nacional do plano “Juventude Viva”, Fernanda Papa, do secretário de Esporte, Juventude e Lazer de Campina Grande, Gustavo Ribeiro, além do coordenador de Juventude do Município, Luiz Arthur “Tuta” Cabral.

O “Juventude Viva” é uma iniciativa do governo federal, sob a coordenação da Secretaria-Geral da Presidência da República, por meio da Secretaria Nacional de Juventude, e da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial. O Plano visa enfrentar o racismo e prevenir a violência contra a juventude negra nas cidades que apresentam maior vulnerabilidade social.

O programa “Juventude Viva” é destinado a 132 municípios brasileiros que reúnem mais de 70% de homicídios contra jovens. Campina Grande faz parte deste ranking, ocupando, segundo o Datasus, a 26ª colocação, conforme dados de 2010.

Tuta Cabral destacou que o lançamento do plano “Juventude Viva” representa um grande avanço para a cidade de campina Grande, visto que, com ele, as políticas públicas serão intensificadas nas áreas de risco do município, já mapeadas, com o intuito de levar oportunidades para a juventude carente.

“O ‘Juventude Viva’ já tem trazido resultados para nosso município, mesmo sem existir oficialmente. A partir de agora, a perspectiva é que isso aumente. As pessoas não sabem, mas, já conseguimos recursos para a implantação de uma Praça da Juventude, que ocorrerá em breve, entre outras ações”, afirmou Tuta.  

(Codecom)
Leia mais

PMCG realiza sorteio de apartamentos do Vila Nova da Rainha I nesta sexta-feira



A Prefeitura Municipal de Campina Grande vai realizar o sorteio dos 288 apartamentos do Residencial Vila Nova da Rainha I, situado no bairro de Bodocongó, na próxima sexta-feira (28), às 9hs, na sede no ginásio de esportes O Meninão, no bairro do Dinamérica.

Participarão do sorteio as pessoas inscritas do dia 30 de maio de 2014 até o dia 05 de novembro deste ano. Ao todo, são 5.942 inscritos nesse período. Esse corte temporal foi definido pelo Conselho Gestor do Fundo Municipal de Habitação de Interesse Social (CGFMHIS), em reunião realizada no dia 05 de novembro do corrente ano.

Os participantes do sorteio estão inseridos nos seguintes critérios: estarem inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal; terem renda familiar de até R$ 1.6 mil; não possuírem restrições no Cadastro Informativo de Créditos Não Quitados no Setor Público Federal (Cadin). Terão prioridade mulheres chefes de família, idosos, pessoas portadoras de deficiência e moradores de áreas de risco.

De acordo com os critérios municipais, estão dentro da seleção os servidores públicos municipais efetivos, trabalhadores do setor polo calçadista do bairro de Bodocongó e inscritos no aluguel social da PMCG. O sorteio será conduzido pela PMCG e o Conselho de Habitação fará uma reunião extraordinária nesta data e horário para acompanhar o processo.

A seleção será feita da forma que determina a legislação referente ao “Minha Casa, Minha Vida”, dividindo os candidatos em grupos que serão organizados de acordo com o atendimento dos critérios estabelecidos pelo programa. Além disso, será aberto nesta quinta-feira (27), no site da PMCG, o novo sistema de consulta ao Cadastro Geral do “Minha Casa, Minha Vida” em Campina Grande.

O prefeito em exercício de Campina Grande, Ronaldo Cunha Lima Filho, falou sobre mais esse empreendimento que está sendo finalizado pela PMCG. “Estamos reduzindo gradativamente o déficit habitacional de Campina Grande com os programas habitacionais realizados na cidade. Nossa gestão garante, assim, a melhoria da qualidade de vida de uma grande parte da população campinense”, disse.

Já o secretário de Planejamento da Prefeitura de Campina Grande, Márcio Caniello, destacou que esta é a culminância de um processo democrático utilizado para gerir os programas habitacionais na Rainha da Borborema.  “Trabalhamos ouvindo a população, tornando públicas as decisões da prefeitura e do Conselho de Habitação, para que todos tomem conhecimento da lisura das seleções para unidades habitacionais aqui em Campina Grande”, afirmou Caniello.

A data do sorteio dos 288 apartamentos do Residencial Vila Nova da Rainha II ainda será definida.

 (Codecom)

Leia mais

Secretaria de Educação de CG entrega orientações para a matrícula 2015


A Secretaria de Educação da Prefeitura Municipal de Campina Grande convocou os gestores da Rede Municipal de Educação para a entrega das orientações gerais para a Matrícula 2015. A reunião aconteceu na tarde desta quarta-feira (26), no auditório do CTE, com a presença da secretária Iolanda Barbosa e toda a equipe técnica pedagógica da Seduc/CG.

A professora Iolanda lançou dois grandes desafios para a Rede em 2015, o primeiro, a ampliação do universo da educação infantil e das matrículas, e o segundo, 2015 como o ano da aprendizagem. Para isso, ela pediu a colaboração dos gestores para a mobilização da comunidade no processo de matrícula.

A matrícula automática de educandos veteranos será efetivada no período de 1 a 19 de dezembro de 2014. Através do sistema informatizado da Secretaria de Educação, online, nas próprias unidades escolares, assegurando as vagas dos alunos já integrantes das escolas e creches da rede municipal. A matrícula automática só se efetiva com a presença, na escola, dos pais ou do responsável pelo estudante.

A matrícula dos novatos será efetivada no período de 5 a 30 de janeiro de 2015, por meio do sistema informatizado nas secretarias das escolas e creches com o acompanhamento do sistema online da Seduc.

No ato da matrícula, os responsáveis ou os próprios educandos adultos (no caso da EJA) deverão apresentar os seguintes documentos: cópia da Certidão de Nascimento/Certidão de Casamento; Atestado ou Carteira de Vacinação atualizada; duas fotos 3x4; cópia do comprovante de Guarda ou Tutela (se for o caso); cópia do comprovante de residência; Transferência ou Declaração (válida por 30 dias) da escola de origem; Cartão SUS; Cartão Bolsa Família; Número do NIS da criança (de 0 a 48 meses); CPF e Identidade do Educando; O termo de autorização de imagem das escolas e creches; O termo de autorização para saída do aluno sem o responsável legal.


 (Codecom)
Leia mais

Projeto de Lei proíbe cobrança de ingresso a crianças menores de 03 anos em teatros de CG



A Câmara Municipal de Campina Grande deverá apreciar nos próximos dias o Projeto de Lei Ordinária 367/2014, de autoria do vereador Alexandre do Sindicato (PROS), que buscar proibir a cobrança de taxa, tarifa ou meia-entrada para crianças menores de três anos nos teatros públicos e privados e estabelecimentos congêneres de Campina Grande. A matéria está tramitando nas comissões e deve ir a plenário ainda este ano.

Na justificativa, o vereador pondera que a cobrança, estabelecida pelas companhias de teatro, é abusiva, e cita como exemplo um espetáculo recentemente apresentado em Campina Grande que fixou ingressos a R$ 50 com meia-entrada (R$ 25) para crianças a partir de um ano. “Um casal com dois filhos pequenos teria que desembolsar, para ter acesso ao espetáculo, nada menos que R$ 150”, exemplifica Alexandre.

O parlamentar considera que “mesmo não havendo legislação federal específica quanto à cobrança para crianças pequenas, soa totalmente abusiva a fixação de meia-entrada para crianças de um ano”. Ele menciona um dos argumentos das companhias de teatro, de que a cobrança é devida porque essas crianças são o público-alvo dos espetáculos.

“No entanto, é preciso considerar que crianças nesta faixa etária não vão sozinhas ao teatro, de modo que os pais – que, partindo da mesma reflexão das companhias, não formariam o público-alvo – são ‘obrigados’ a acompanhar os filhos, e os pais já pagam o ingresso integral”, contrapõe Alexandre.

O autor ainda reflete que “crianças muito pequenas não ocupam espaço expressivo e nem sequer, necessariamente, precisam utilizar o assento das casas de espetáculo, por ficarem no colo dos pais ou responsáveis”, e lembra que há teatros no país que estabeleceram a faixa etária de três anos para início da cobrança de ingresso. Pondera ainda que até as companhias aéreas, “famosas por cobrar tudo”, no geral dispensam de pagamento crianças com menos de dois anos.

Segundo o texto do projeto, a gratuidade valerá para até duas crianças menores de três anos por cada pagante integral – pais ou responsáveis – que as acompanhem. Em casos de três crianças ou mais com idade inferior a três anos, será permitida a cobrança de meia-entrada a partir da terceira criança.
Leia mais

Governo pode apoiar cearense para presidir o Senado


<
Foto: Agência Senado

O governo não trabalha com a hipótese de reeleição de Renan Calheiros (PMDB-AL) para a presidência do Senado, o que abre o caminho para o senador Eunício de Oliveira, que atribui sua derrota ao governo do Ceará, ao apoio de Dilma e Lula ao candidato eleito do governador Cid Gomes (Pros).
Leia mais

PT emite sinais de impaciência com a presidente Dilma


<
Foto: Agência Brasil

Depois dos primeiros sinais dados por Dilma Rousseff sobre seu segundo mandato, o PT pode endurecer o tom das críticas à presidente.

O partido prevê perda de espaço no segundo governo e a expectativa é de que adote um tom mais crítico já na reunião do próximo fim da semana, em Fortaleza.

Leia mais

Presidente do BNDES poderá ser remanejado para a Petrobras


<
Foto: Agência Brasil

O nome do presidente do BNDES, Luciano Coutinho, é a aposta de interlocutores de Dilma e Lula para a Petrobras, informa o jornal Folha de São Paulo.

Mas isso só se a presidente desistir de segurar Graça Foster. A troca aconteceria após a reforma ministerial.
Leia mais
 
FALA PREFEITO | Layout: Lenildo Ferreira Consultoria em Comunicação Contato © Blog de responsabilidade do radialista Edson Pereira