Páginas

Sarney fez do Brasil puxadinho de sua biografia


Josias de Souza
Principal representante vivo da irracionalidade arcaica brasileira, José Sarney despediu-se do Senado e dos quase 60 anos de atividade política. Planejou a própria imolação com o esmero de um Napoleão se descoroando. Discursou por quase uma hora para um plenário ermo. Vangloriou-se o tempo todo, exceto num parágrafo, que reservou à autocrítica.
“Precisamos levar a sério o problema da reeleição, que precisa acabar, estabelecendo-se um mandato maior”, disse. “Até fazendo mea-culpa, de arrependimento, eu penso que é preciso proibir que os ex-presidentes ocupem qualquer cargo público, mesmo que seja cargo eletivo. […] Eu me arrependo, acho que foi um erro que eu fiz ter voltado, depois de presidente, à vida pública.”
A caída em si de Sarney foi extraordinária. Só não atingiu a plenitude da perfeição porque chegou com o atraso de uma vida. Ainda assim, trouxe uma dose de alívio. A alturas tantas, Sarney declarou-se grato “ao povo brasileiro”, que lhe deu “a oportunidade de ser presidente da República.” Como se sabe, não foi bem assim.
Depois de encher as praças na luta pelas eleições diretas, a Nova República viu subir ao poder, pela via indireta do Colégio Eleitoral, José Sarney, o vice mais versa da história, grande amigo da ditadura militar até seis meses antes. O povo brasileiro é inocente. Sarney deve sua presidência às conspirações do acaso e às bactérias que invadiram o organismo de Tancredo Neves atrás de encrenca.
Sarney foi um presidente da República precário. Governou mal tão bem que não teve condições políticas de indicar um nome para sucedê-lo. Seu aval cairia sobre qualquer candidatura como uma sentença de morte. Mas havia um grande número de brasileiros dispostos a lançar um olhar condescendente sobre sua ex-presidência.
A despeito de tudo o que houve de execrável na sua gestão, Sarney completara, aos trancos e barrancos, a transição da ditadura para a primeira eleição direta. Deu em Fernando Collor. Mas essa é outra história. O que impediu a reabilitação historiográfica foi a decisão de Sarney de continuar o seu destino de Sarney, candidatando-se a senador pelo Amapá.
Eleito, reeleito e re-reeleito, Sarney foi mais Sarney do que nunca. Presidiu o Senado quatro vezes. Estrelou o escândalo dos atos secretos. Deu emprego a uma sobrinha de sua mulher que morava em Campo Grande; deu um contracheque a uma sobrinha do genro que residia em Barcelona; alçou à folha do Estado um personagem (“Secreta”) que trabalhava como mordomo na casa da filha Roseana Sarney…
Não era o Amapá ou o país que tinha um senador. Era Sarney que tinha o Brasil. Sob FHC e Lula, foi brindado com pedaços do Estado. Sempre fez da administração pública o seu ápice existencial. Cavalgando-a, alcançou a prosperidade privada. Seu nome fundiu-se ao patrimonialismo. Sarney transformou o Brasil em puxadinho de sua biografia.
Leia mais

MEC anuncia programa nos moldes do Mais Médicos para professores


Mais Professores estimularia ida de docentes a municípios carentes.
Programa ainda está em fase de formulação e deve priorizar o NE e o N.

Do G1

O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, anunciou nesta quarta-feira (21) que pretende criar um programa para levar professores a regiões do país mais carentes desses profissionais. Em audiência pública na Câmara dos Deputados, onde apresentou os principais desafios atuais do ensino médio, Mercadante afirmou que o programa poderá seguir os moldes do Mais Médicos, que pesquisa, junto aos municípios brasileiros, vagas abertas para médicos e abre editais para selecionar profissionais que serão contratados como bolsistas para atuar nessas cidades necessitadas.
O nome provisório do programa, segundo o ministro, é Programa Nacional de Professores Visitantes na Educação Básica – Mais Professores. Ele foi apresentado na reunião de uma comissão especial da Câmara, criada em 2012 e dedicada à formulação de um projeto de lei para reformular o ensino médio brasileiro.
“É uma contribuição do governo federal com os municípios que têm baixo Ideb [Índice de Desenvolvimento da Educação Básica], baixo IDH [Índice de Desenvolvimento Humano] e principalmente onde não temos hoje professores de matemática, física, química, inglês - que são as maiores carências”, afirmou Mercadante no Congresso, segundo nota da assessoria de imprensa do Ministério da Educação.
O MEC afirmou ainda que o Mais Professores ainda está em fase de formulação, e não há detalhes sobre como ele vai funcionar. Porém, os municípios que serão beneficiados por ele estão principalmente nas regiões Nordeste e Norte.
Entre as outras medidas debatidas pelo ministro na Câmara dos Deputados nesta quarta, segundo a assessoria de imprensa do MEC, estão a reforma do currículo do ensino médio, para priorizar a interdisciplinaridade, mais investimentos em escola em tempo integral, incentivar a ampliação de vagas no ensino médio profissional e oferecer mais bolsas de estudo e pesquisa a jovens estudantes interessados em ciência e em licenciatura.
Leia mais

Volume de água em Boqueirão cai 42 milhões de metros cúbicos


O açude abastece dez cidades da região Agreste do Estado, incluindo Campina Grande. Volume atual no reservatório é de mais de 97 millhões de metros cúbicos.


O volume de água do açude Boqueirão reduziu em 42 milhões de metros cúbicos nos últimos 10 meses. O manancial abastece dez cidades da região Agreste do Estado, incluindo Campina Grande. Em fevereiro último, o volume de água no reservatório era de 139,5 milhões de metros cúbicos. Na sexta-feira (19), os registros da Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa) indicavam a presença de mais de 97 milhões de metros cúbicos.

Apesar dessa redução, a Agência Nacional de Águas (ANA) apontou que o sistema operacional do açude está em pleno funcionamento, e que a manutenção da barragem está ocorrendo de acordo com a necessidade de averiguação nos equipamentos hidromecânicos. Segundo o coordenador do Departamento Nacional de Obras contra a Seca (Dnocs) em Boqueirão, Fernando Martins, a distribuição do fornecimento da água está sendo respeitada segundo as orientações do plano de segurança hídrica que passou a vigorar em Campina Grande e demais cidades abastecidas pela barragem no começo de dezembro.

Com o seu volume monitorado pela Aesa, a previsão é de que os atuais 97.004.967 milhões de metros cúbicos sejam suficientes para manter o abastecimento de água até o final de 2015. Por outro lado, segundo Alexandre Magno, diretor da Agência, as previsões de chuva são otimistas para o primeiro trimestre de 2015, quando são esperadas chuvas que possam, além de oferecer uma nova perspectiva para os agricultores, ainda possibilitar uma recarga considerável no açude Epitácio Pessoa.

“As previsões para o início do período chuvoso são de precipitações irregulares que têm uma capacidade muito grande de surpreender positivamente. Em 1999 o açude atingiu apenas 14% de sua capacidade, e no ano seguinte ele recebeu tanta água que sangrou ainda no primeiro semestre de 2000. Isso não quer dizer que vá se repetir, mas as previsões são bastante otimistas”, explicou Alexandre Magno.

Racionamento compromete abastecimento nos bairros

Enquanto existe a expectativa da recarga do açude no ano que vem, a realidade das cidades que iniciam mais um fim de semana de racionamento é bastante diferente. Na rua Apolônia Amorim, bairro do Alto Branco, em Campina Grande, os moradores reclamam que falta água durante praticamente seis dias na semana e apenas na terça ou quarta-feira, por algumas horas, o abastecimento é normalizado. O problema começou a acontecer no local, ainda no ano passado e se agravou com o início do racionamento. Algumas ruas próximas e localizadas no mesmo bairro não apresentam a mesma situação no abastecimento, o que revolta ainda mais os habitantes do logradouro.

De acordo com o gerente regional da Cagepa, Simão Barbosa, a rua Apolônia Amorim é considerada o ponto mais desfavorável do sistema de abastecimento de Campina Grande por causa da localização geográfica do local. O problema não é exclusividade do Alto Branco, mas acontece também em outras áreas do município, porque em pontos mais elevados, a água falta primeiro e chega por último. No caso de algumas ruas localizadas na zona norte da cidade, para que o abastecimento seja regularizado, o reservatório R4, do bairro da Palmeira, precisa funcionar no nível máximo.

“A questão hidráulica, que envolve o caminho que a água percorre até chegar à casa das pessoas, não é tão simples. Frequentemente temos problemas com vazamentos e precisamos interromper por alguns momentos a distribuição. Existe também as limitações de pressão e toda a logística, levando em consideração a topografia da cidade. O grande problema é que o consumo, mesmo com o racionamento, está muito grande. As pessoas precisam se conscientizar que não é recomendável estocar grandes quantidades de água e depois desperdiçá-la”, esclareceu Simão Barbosa


Leia mais

Real Madrid vence San Lorenzo, leva o Mundial e fecha ano com quatro títulos


Merengues superam argentinos com autoridade, ganham torneio pela 1ª vez na atual versão e juntam taça às da Copa do Rei, Supercopa da Europa e Champions em 2014




Este foi o primeiro título dos merengues na atual versão do torneio, coroando um ano que já havia sido classificado pelos jogadores e pelo técnico Carlo Ancelotti como fantástico – foram outras três taças em 2014: Copa do Rei, Supercopa da Europa e Liga dos Campeões. Em termos de Mundial, o Real já havia faturado três vezes no modelo antigo, que incluía apenas europeus e sul-americanos: em 1960, 1998 e 2002. Agora é o que tem mais conquistas, ao lado do Milan.
A influência do Papa Francisco não adiantou, nem a catimba antes e durante o jogo. Em campo, o Real Madrid fez valer a enorme superioridade técnica e venceu um valente San Lorenzo por 2 a 0, no Grand Stade de Marrakesh, para conquistar o Mundial de Clubes neste sábado. Sergio Ramos e Bale fizeram os gols do triunfo.
Iker Casillas, taça Real Madrid mundial de clubes (Foto: Getty Images)Casillas ergue a taça do Mundial de Clubes da Fifa: primeira conquista merengue no torneio (Foto: Getty Images)
O triunfo merengue veio com forte apoio da torcida local, que compareceu em peso para ver seus ídolos de perto – os marroquinos prepararam até um bandeirão para Cristiano Ronaldo. Os argentinos também marcaram presença: no mínimo, 12 mil deles ocuparam as arquibancadas e cantaram o jogo inteiro, mesmo quando o San Lorenzo ficou atrás do placar. Ao todo, 38.345 assistiram à partida no estádio.
Sergio Ramos, bola de ouro, Real Madrid, mundial de clubes (Foto: Getty Images)Sergio Ramos beija a Bola de Ouro de melhor jogador do Mundial de Clubes (Foto: Getty Images)
Na premiação, Sergio Ramos recebeu a Bola de Ouro de craque do torneio, superando Cristiano Ronaldo, ganhador do troféu de prata. Surpreendentemente como sua equipe, o meia neo-zelandês de origem croata Vicelich, do Auckland City, ficou com a de bronze como o terceiro melhor do Mundial. O volante alemão Kroos se tornou o nono jogador a ganhar títulos mundiais por seleção e time no mesmo ano, repetindo os feitos dos brasileiros Gilmar, Zito, Mauro, Roberto Carlos e Ronaldo, e dos argentinos Pumpido, Ruggeri e Hector Enrique.
SAN LORENZO CATIMBA, MAS RAMOS SURGE DE NOVO
O duelo, marcado por polêmicas antes do jogo, com o San Lorenzo reclamando da arbitragem e questionando o "violento" Pepe, começou exatamente no clima de Libertadores criado pelos argentinos. Logo aos dois minutos, Cauteruccio fez falta por trás em Kroos, que se irritou e discutiu com o adversário.
O San Lorenzo, porém, não se limitou à catimba. Mesmo retardando o jogo, reclamando da arbitragem e abusando das faltas, o time argentino tentou ir para o ataque quando tinha a bola. Chegou a equilibrar o duelo, marcando forte e trocando passes, mas quando Cauteruccio comandava o time ao ataque, ficava clara a diferença entre os times: o camisa 9 do Ciclón era facilmente anulado por Pepe e Sergio Ramos.
Sergio Ramos, gol, Real Madrid x São Lorenzo  (Foto: Reuters)Sergio Ramos comemora primeiro gol da equipe merengue (Foto: Reuters)
Marcelo, Real Madrid x São Lorenzo  (Foto: AFP)Marcelo sai chateado de campo diante do treinador italiano Carlo Ancelotti (Foto: AFP)
Coube a Ramos, aliás, abrir caminho para a vitória. Se o Real estava pouco inspirado, criando pouco perigo pelo chão, o zagueiro apareceu novamente no ataque. Aos 36 minutos, Kroos bateu escanteio, e o defensor subiu livre para cabecear para as redes.
Antes do intervalo, o único revés do Real na partida. Aos 43 minutos, Marcelo precisou ser substituído por sentir uma lesão no quadríceps.
Atrás no placar, o San Lorenzo padeceu ainda mais com seu ataque inofensivo, sem conseguir superar a defesa merengue. O Real passou a ter mais o controle do jogo e começou a aproveitar os espaços na defesa, em arrancadas de Cristiano Ronaldo e Bale. Aos cinco minutos do segundo tempo, o galês recebeu na área, chutou e contou com colaboração do goleiro Torrico para ampliar a vantagem e selar a vitória.
Cristiano Ronaldo gol Real Madrid (Foto: Reuters)Cristiano Ronaldo abraça Bale, e James agarra Pepe na festa pelo segundo gol (Foto: Reuters)
Leia mais

Vereador Miguel da Construção realiza o NATAL DOS SONHOS

O vereador Miguel da Construção (PRB) iniciou no ultimo dia 26 de Novembro a Campanha NATAL DOS SONHOS,  realizado com as crianças do Ceai Mariz, com a ajuda e a colaboração de amigos, familiares e correligionarios para que tudo fosse possível!

Miguel aproveitou para afirmar que se emocionou muito com a realização desta ação, pois segundo ele vai direto com a ansia das crianças e do convivio.

- Quero agradecer primeiramente a Deus por me dar a oportunidade de ter vivido essa experiência , quero agradecer também a Diretora Giselma, os funcionários do colégio, as Professoras, e a todos os meus amigos e familiares  além de todos que contribuiram de forma direta ou indireta para que fosse tudo Perfeito, disse Miguel. 

Na ação do Natal dos Sonhos, PAPAI NOEL entregou todos os presentes e levou alegria pra toda aquela comunidade que em meio a euforia pedia para abraça-lo! 

- Que tudo que que passei hoje seja multiplicado na vida de todos vocês, não só eu mais todas aquelas crianças agradecem, concluiu Miguel da Construção.
Leia mais

Emater incentiva uso de sistema de irrigação que economiza até 80% de água

Foto: Secom/PB
A Emater Paraíba está incentivando o uso de sistema de irrigação que economiza até 80% de água. Um curso neste sentido está sendo realizado desde essa quinta-feira (18) em Cajazeirinhas, município localizado na região administrativa da Emater Paraíba em Pombal, sobre Irrigação Localizada (Gotejamento, Micro-aspersão e Xique-Xique), com ênfase no manejo eficiente do sistema de irrigação e no correto usa da água para irrigantes de várias comunidades rurais da região.

Segundo o extensionista Zildo Vicente Leite, chefe da Unidade Operativa da Emater em Cajazeirinhas, estão participando do curso 30 agricultores familiares e produtores rurais (irrigantes).


O curso é uma realização do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Piancó/Piranha/Açu e tem o apoio da Agência Nacional das Águas (ANA), da Secretaria Municipal de Agricultura, do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável e da Emater Paraíba, que trabalhou na mobilização dos agricultores e na organização do evento, junto com os parceiros.
“Devemos incentivar a mudança dos métodos de irrigação convencionais em fruteiras e hortaliças para a irrigação localizada que tem eficiência acima de 80% no uso da água”, comentou o extensionista.
Fonte: Secom/PB
Leia mais

Nelson deverá trocar o PRP pelo PROS

Ninguém segura mais o presidente da Câmara Municipal de Campina Grande, Nelson Gomes Filho, no PRP, que continua revoltado com a presidente da legenda na Paraíba, Maria da Luz, que lhe prometera que a legenda entraria numa coligação em que pudesse concorrer em pé de igualdade, mas para atender ao governador reeleito, Ricardo Coutinho, segundo ele, entrou em chapão, com medalhões, inviabilizando a candidatura dele e de outros companheiros.

Com o apoio de seis vereadores de Campina Grande e com expressivo apoio em Catolé do Rocha e região, Nelson tinha como certa a eleição, mas desistiu da postulação por entender que, em um chapão, cheio de medalhões, entraria numa concorrênmci9a desleal, além do mais, tendo o agravante de ser ligado ao grupo liderado pelo senador Cássio Cunha Lima (PSDB), principal concorrente do socialista na disputa pelo Governo do Estado.

A tendência dele é entrar no PROS, onde já estão o presidente eleito da Câmara Municipal para o biênio 2015-2016 e os vereadores Ivan Batista, Alexandre do Sindicato e Cícero Buchada.

 


Por Jesimiel Ferreira
Leia mais

Ivonete avisa que não vai seguir orientação do PSB de entregar cargos a Romero

Foto: Paraibaonline
A vereadora Ivonete Ludgério falou que foi convocada para a reunião do seu partido, o PSB, mas não compareceu para deixar a comissão provisória à vontade para decidir sobre a posição dela.

Ivonete avisou que não vai seguir a orientação partidária de entregar os cargos na prefeitura Municipal de Campina Grande.

- Eu vou usar as palavras do próprio Fábio Maia de que quem ajuda a eleger, ajuda a governar, então estou seguindo a orientação dele; ajudei a eleger e vou ajudar a governar – disse Ivonete.

Segundo a vereadora, os cargos que ela tem na administração não são da cota do PSB e sim da cota pessoal da vereadora Ivonete e do deputado Manoel Ludgério.
Leia mais

Aguinaldo desconversa sobre Ministério das Cidades, mas considera que PP deve continuar com a pasta

aguinaldo_soO deputado federal reeleito Aguinaldo Ribeiro (PP) desconversou sobre sua eventual volta ao comando do Ministério das Cidades e repassou a responsabilidade da escolha do novo gestor da pasta para a presidente Dilma Rousseff (PT). No entanto, o progressista também considera que seu partido deva continuar à frente do Ministério das Cidades pelo apoio concedido à reeleição da presidente durante as eleições de 2014.
“Eu costumo dizer que em questão de ministério quem trata é quem nomeia, e nesse caso, é a presidenta Dilma Rousseff. Torço para que ela faça um ministério bom para fazer um governo bom. Acho que é natural que o PP participe do governo por ser consequência da coligação vencedora nas eleições. Portanto, seria natural que o partido continuasse com o Ministério das Cidades, mas isso caberá à presidenta Dilma”, afirmou o deputado federal eleito.
Aguinaldo Ribeiro também falou sobre o comportamento da bancada federal paraibana  na busca por recursos da união. “Acho que a bancada tem tido um papel importante. Já estamos nos reunindo para discutir os temas do Estado e de João Pessoa para investimentos. Fui consultado para colocar uma emenda para o Centro de Convenções de Campina Grande e disse que não tem problema nenhum, desde que tenha projeto. Não tem dificuldade com isso. Temos que fazer a boa política. A  política que pensa no Estado em primeiro lugar”, concluiu.
Leia mais

Sintab vai solicitar bloqueio de verbas de Massaranduba

Sintab vai solicitar bloqueio de verbas de Massaranduba
 A situação caótica que se encontra o município de Massaranduba, no que diz respeito ao atraso de salário  dos servidores municipais, vai obrigar o Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais do Agreste da Borborema (Sintab) a solicitar o bloqueio das verbas federais da prefeitura daquela cidade junto a Justiça. Passados já mais de dez dias do mês de dezembro, os funcionários ainda não receberam seus vencimentos de novembro, o que tem gerado total insatisfação entre os servidores.


De acordo com Napoleão Maracajá, presidente do Sintab, o departamento jurídico da instituição irá tomar a mesma medida adotada quando essa situação aconteceu na prefeitura de Puxinanã. Napoleão disse que só assim foi possível colocar em dia o salário dos funcionários. “A solicitação do bloqueio de verbas federais é a saída para garantir o pagamento do mês trabalhado dos servidores e também o décimo terceiro salário”, disse.


O presidente do Sintab ainda afirmou que a prefeita Joana D’arc tem descumprido diariamente sua promessa de colocar o salário em dia. “A prefeita diz todos os dias que vai pagar, mas o dinheiro nunca está na conta dos servidores. Por isso vamos pedir o bloqueio das verbas junto à Justiça já a partir da próxima semana. Sempre vamos defender o direito dos trabalhadores”, acrescentou Napoleão Maracajá.




 Assessoria
Leia mais

Reforma abre espaço quantitativo aos partidos; anúncio será 2ª


Reforma abre espaço quantitativo aos partidos; anúncio será 2ª
 O governador Ricardo Coutinho (PSB) promete uma reforma administrativa com alterações que irá além dos nomes nas secretarias. Coutinho quer mexer na estrutura da máquina. O socialista já afirmou que deve fundir órgãos de administração indireta, com atribuições semelhantes. Além disso, o governador deve abrir espaço na administração para as legendas que o apoiaram no primeiro e no segundo turno. O anúncio será feito em coletiva no Palácio da Redenção, às 10h da próxima segunda-feira (22).


“A reforma tem como base o compromisso que o governador Ricardo Coutinho afirmou e reafirmou durante todo o processo eleitoral, mas, sobretudo, durante toda a sue trajetória de administração pública. Buscarsempre melhorar a máquina pública e fazer com que ela seja um instrumento de desenvolvimento do estado, não um peso, uma dificuldade para se alcançar esses avanços”, explicou o secretário de comunicação Luís Torres, já de volta de viagem que fez à Europa.


Torres contou que a reforma pretende tornar ainda mais dinâmica e mais enxuta a máquina pública, “para que os recursos públicos no lugar de servirem para o próprio funcionamento da máquina possam sobrar para servir à população”.


Tomando por base esse raciocínio, na segunda-feira o governador irá detalhar o que será reformatado para o novo mandato.


Sobre possíveis surpresas peemedebistas ou petistas no governo – caso de deputados ainda um pouco reticentes à uma adesão, como Trócolli Júnior (PMDB), Raniery Paulino (PMDB) e Frei Anastácio (PT), Torres sinaliza que pode haver surpresas. “O governador Ricardo Coutinho estará atendendo compromissos que fez com os partidos aliados, com os partidos que acreditaram e apostaram em momentos diferenciados. Aí dentro desse processo, os quadros do PMDB, do PT e das outras legendas também aliadas estarão contempladas nessa reforma”.


Torres evitou dar nomes, mas sinalizou que as legendas devem ser atendidas do ponto de vista quantitativo, mas sem perder a prerrogativa de nomes técnicos para dar maior agilidade à máquina, isto é, nomes qualitativos.


“O governador terá prerrogativa de fazer todos os anúncios, mas acho que a reforma e a participação do PMDB e das outras legendas esta muito ligada na crença do sucesso desse processo, e o governador sabe disso, o compromisso principal e precípuo é com o povo da Paraíba. Isso significa que dento da composição haverá sim todo o limite... o governador irá colocar, tanto do ponto de vista quantitativo, a quantidade de nomeações, quanto do ponto de vista qualitativo, técnico, que traga a máquina não só a satisfação do partido que indicou, mas que traga a máquina a possibilidade de dar resultados ainda melhores”, concluiu.


Com informações do blog Outras Linhas
Leia mais

Ministro Dias Toffoli agradece apoio na realização das Eleições 2014

Foto: Reprodução/TSE
Durante a sessão de encerramento do ano judiciário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), realizada na tarde desta sexta-feira (19), o presidente da Corte, ministro Dias Toffoli, agradeceu aos ministros atuais e a todos que deixaram o Tribunal este ano devido ao término de mandato, pela imensa colaboração na realização do pleito geral de outubro.

O ministro estendeu os agradecimentos à Procuradoria-Geral Eleitoral, à Corregedoria-Geral Eleitoral e aos servidores e prestadores de servidos do TSE pelo esforço para o cumprimento do “ importante mister de garantir o Estado Democrático e a democracia” do Brasil.

Ao cumprimentar os advogados que atuam no Tribunal, o ministro destacou que estes vão à tribuna com bastante vigor e combatividade, o que contribui para o esclarecimento dos processos e para que se possa proferir decisões mais corretas. “ A advocacia é, por excelência, a função essencial à Justiça”, destacou o presidente.

O ministro também agradeceu à imprensa e, em especial, aos setoristas que acompanham o Judiciário por auxiliar a Justiça Eleitoral a levar aos cidadãos brasileiros as informações sobre o processo eleitoral.

Em nome dos demais colegas, e na função de vice-presidente interino do TSE, o ministro Luiz Fux agradeceu o presidente Dias Toffoli pela forma democrática e ágil com que ele conduziu a Corte este ano.

“Vossa excelência conhece direito eleitoral mais do que qualquer um de nós desta bancada, tem uma sensibilidade ímpar e vai marcar a história do TSE por sua coragem e ousadia”, ressaltou o ministro Fux.

Ministério Público

Em nome do Ministério Público, o vice-procurador-geral eleitoral, Eugênio Aragão, também enalteceu a atuação do ministro Dias Toffoli na condução das Eleições 2014 e afirmou que a procuradoria manifestou-se em mais de 18 mil processos este ano, o que, para ele, só foi possível graças ao apoio do TSE em ceder espaço físico e servidores para a realização de seus trabalhos.

Corregedor

O corregedor-geral da Justiça Eleitoral, ministro João Otávio de Noronha agradeceu o presidente pela aprovação de resoluções que modernizam a Corregedoria-Geral Eleitoral e a Escola Judiciária (EJE).

Advogados

Em nome dos advogados e do Instituto Brasileiro de Direito Eleitoral (Ibrade), Eduardo Alkcmin disse que acompanhou o trabalho incansável dos juízes, procuradores, servidores e advogados “no sentido de propiciar à Nação aquilo que é, verdadeiramente, a democracia.”

Alckim declarou que os advogados têm muita honra e orgulho pelo fato de o ministro Toffoli “ter saído das fileiras da advocacia para exercer com brilho a presidência do TSE”.
Fonte: TSE
Leia mais

Jornal publica lista dos envolvidos no escândalo da Petrobras

Agência Brasil
O ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa citou em 80 depoimentos que se estenderam por duas semanas, entre agosto e setembro, uma lista de 28 políticos - que inclui ministro e ex-ministros do governo Dilma Rousseff (PT), deputados, senadores, governador e ex-governadores.

O jornal 'O Estado de S. Paulo' obteve a lista completa dos citados.
A lista inclui o ex-ministro Antonio Palocci, que ocupou a Esplanada nos governos Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma.
O ex-diretor citou o atual ministro de Minas e Energia, Edison Lobão (foto), e os ex-ministros Gleisi Hoffmann (Casa Civil) e Mário Negromonte (Cidades).
Foram relacionados também por Costa os presidentes do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN).

Há nomes que até aqui ainda não haviam sido revelados, como o governador do Acre, Tião Viana (PT), reeleito em 2014, além dos deputados Vander Luiz dos Santos Loubet (PT-MS), Alexandre José dos Santos (PMDB-RJ), Luiz Fernando Faria (PP-MG) e José Otávio Germano (PP-RS).
Entre os congressistas, foram mencionados ao todo sete senadores e onze deputados federais.

Foram citados ainda os ex-governadores do Rio Sérgio Cabral (PMDB), do Maranhão Roseana Sarney (PMDB) e de Pernambuco Eduardo Campos (PSB) - que morreu em um acidente aéreo em 13 de agosto, durante campanha presidencial.

*fonte: estadao
Leia mais

Deputado eleito atribui antecipação da eleição da Mesa da AL a medo de traição

Renato-gadelha
O deputado estadual eleito Renato Gadelha (PSC) criticou a intenção de parte da bancada de apoio ao governador Ricardo Coutinho (PSB) na Assembleia Legislativa de antecipar a eleição da Mesa Diretora.

“Isso é uma indignidade com os novos deputados que não conhecem seus pares e terão de eleger uma Mesa para os próximos quatro anos. Eu não quero participar da atual Mesa, pois estou chegando agora, mas daqui a dois anos, podemos querer pleitear um espaço”, disse.
Para Renato Gadelha, o interesse de antecipar a eleição seria por receio de um possível rompimento entre o grupo. “Esse cambalacho foi feito para que fosse possível ganhar a eleição, pois se não tivesse isso, não teria chapa única”, avaliou.
Ele ainda garantiu que se manterá na bancada de oposição ao governador Ricardo Coutinho na Casa Epitácio Pessoa.
Leia mais

Nardes confirma que Vital será empossado nesta segunda em Brasília


Ministro do TCU está na Paraíba para inauguração do Centro Cultural Augusto dos Anjos em João Pessoa
Valter Campanto/Agência Brasil
João Augusto Nardes
O presidente do Tribunal de Contas da União, ministro João Augusto Nardes confirmou na tarde desta sexta-feira (19), que a posse do senador Vital do Rêgo Filho como ministro daquela Corte ocorre nesta segunda-feira (22), em Brasília.



Nardes está na capital paraibana onde participa da inauguração do Centro Cultural Ariano Suassuna, do Tribunal de Contas do Estado.

Segundo o que o próprio ministro adiantou, ainda nesta sexta ele deve se reunir com Vital para discutir detalhes sobre a cerimônia de posse na capital federal.

A edição do Diário Oficial da União desta sexta traz a nomeação de Vital como novo ministro do TCU. O ato foi assinado na quinta pela presidente Dilma Rousseff, depois do nome dele ter sido homologado pelo Congresso Nacional na semana passada. Portal Correio
Leia mais

Ivonete sobre Fábio Maia: “Veneziano deveria escolher um vice com maior densidade eleitoral”

Foto: Paraibaonline
A vereadora Ivonete Ludgério (PSB) acredita que o presidente do diretório municipal de seu partido, Fábio Maia, não seja a pessoa mais indicada para compor chapa com o ex-prefeito Veneziano Vital (PMDB) para disputar a Prefeitura de Campina Grande.

- Acho que Veneziano deveria escolher um candidato com maior densidade eleitoral – disparou a vereadora em entrevista à Rádio Correio FM.

Em relação à força política de Fábio Maia e o comando dele no PSB de Campina Grande, Ivonete o classificou como um soldado sem arma.

- Eu não tenho um general no PSB de Campina, até porque é um soldado sem arma e eu sou uma soldada com mandato – declarou a parlamentar.

Ivonete falou que continuará apoiando o governo Romero Rodrigues e ressaltou que tem mecanismos legais e judiciais para conseguir ser candidata, caso o partido lhe negue legenda.
Leia mais

Fábio Maia avalia reunião com Veneziano e vereadores da oposição em Campina

Foto: Paraibaonline
O presidente do PSB em Campina Grande Fábio Maia avaliou a reunião que manteve com o deputado federal eleito Veneziano Vital (PMDB) e com vários vereadores.

Fábio disse que não houve discussão sobre a participação do PMDB de Campina Grande no Governo do Estado.

- A gente não veio discutir cargos. O PMDB foi importante nesse processo e o governador é muito sensível a isso; aqueles que estão para ajudar em um processo eleitoral, que também administrem – disse Maia.

Ele ressaltou a necessidade de se constituir um líder da bancada de oposição na Câmara de Campina Grande.
Leia mais
 
FALA PREFEITO | Layout: Lenildo Ferreira Consultoria em Comunicação Contato © Blog de responsabilidade do radialista Edson Pereira